Cafeterias Você e o Café

Um Dia em Nova York: com café especial, cold brew e cerveja IPA

nova york com cafe

Passei um dia tão especial em NYC, com direito a café especial, cold brew e cervejaria de IPA. Foi tão memorável que não poderia deixar de compartilhar com vocês.

Boas dicas nunca são demais, mesmo para aqueles que viajam sem programação prévia.

E assim foi minha última viagem para Nova York. Zero programação e ouvidos abertos para todas as dicas que surgiram ao longo do caminho.

A experiência que vou contar é muito pessoal, mas certamente algum dos lugares ou sabores irão lhe agradar.

Café Torra Clara no Queens – Astoria

Vou começar pelo Queens pois é lá onde estava hospedada, na casa de amigos. 

Uma amiga ficou em um hostel bem próximo, BBB (bom, bonito e barato), chamado Q4. Recomendo, para aqueles não fazem questão de ficar na ilha de Manhattan.

No Queens tomamos aquele American Breakfast para ninguém botar defeito.

Com direito a pancakes e um omelete que sinceramente… foi uma das melhores coisas que já comi.

Pedi aquele que você escolhe 4 ingredientes. Coloquei bacon, champignon, espinafre e abacate. Para acompanhar, um café. 

cafe torra clara em nova york

American Breakfast com café light roast NYC

Uma coisa que aprendi rapidamente nos EUA é que se você pede um café, eles irão te dar o dark roast (café torra escura) como padrão.

Geralmente é um daqueles cafés quase intragáveis para os bebedores de café um pouco mais exigentes. Então, sempre que peço um café, digo “light roast, please” (café torra clara, por favor).

Em geral mesmo naqueles locais onde o foco não é café de qualidade, se você pedir seu café light roast (torra clara), eles irão te dar um café razoável para beber.

E assim foi. Para brindar aquele omelete dos Deuses, veio um café a contento. E seguimos felizes e fortes para o restante da saga!

O nome do local é Omonia Cafe, fica na 33rd st esquina com a Broadway. A estação mais próxima é a Broadway Station na linha amarela. Além do American Breakfast maravilhoso, a variedade de tortas no local é impressionante.

Naquela manhã não deu para prová-las. Mas no último dia voltei para experimentar uma Red Velvet para não ficar na vontade. Peguei para viagem, pois uma grande mala para organizar me esperava.

tortas cafe light roast nova york

Variedade de tortas

Central Park

Bem alimentados, muito bem por sinal, fomos ao Central Park.

Não perdi essa atração simplesmente porque já havia ido a Nova York e nunca havia visitado essa icônica atração turística. E lá fomos nós, andar naquela imensidão.

O Central Park é cenário de tantos filmes e histórias que me conectei na hora com o local. 

Realmente é lindíssimo. Limpo. Organizado. E por favor…só ande. Como “se estivesse caminhando no parque”.

Mesmo ele sendo muito grande, não tem como se perder. Não fique preso a mapas.  Ao olhar para cima você vai conseguir ver algum prédio arranha céu que irá orientar a direção da sua saída. Então…ande! Saboreie o momento!

Andamos, tiramos fotos, sentamos, presenciamos algumas apresentações de artistas.

cafeterias de café em nova york

Passeio no Central Park

E depois? Bastou olharmos para cima e avistar um arranha céu para nos orientarmos e sair.

Agora em direção ao High Line Park

Café Especial próximo ao High Line Park

Do Central Park fomos para o High Line Park.  

E por coincidência passamos por uma cafeteria muito bacana chamada Terremoto Coffee.

Depois de já ter visitado uma boa quantidade de cafeterias na cidade, posso afirmar: a Terremoto é a minha favorita.

A máquina de expresso deles é linda, nunca havia visto uma igual. É da marca Slayer, fabricada em Seattle. Uma verdadeira Ferrari!

Tomei meu primeiro expresso do dia, um cafezão por sinal, colombiano.

O barista falou sobre o café e explicou o funcionamento da máquina. O clima do local é super bacana, bem frequentado, e com aquele ar que sentimos quando estramos em um local no qual, realmente, o astro principal é o café. E sim, estamos constantemente estudando e desbravando tudo sobre os cafés especiais.

Aquele ambiente de coffee geek que curtimos rs.

cafeteria em nova york

Slayer maquina de café da Terremoto

 

Apaixonada pelo achado, emocionada por encontrar mais um daqueles que estão abraçando o café especial e suas nuances! Seguimos para o High Line Park.

Entramos por um subida bem perto do Chelsea Market.

High Line Park

Conheci o High Line Park faz algum tempo, em um documentário no Discovery que falava sobre a reabilitação de espaços urbanos.

Para quem não sabe, o parque foi feito em uma linha de trem abandonada. O resultado ficou incrível. A população das redondezas toma conta do parque, que conta com uma grande horta coletiva.

Mas não é por acaso que a população tem tanto apreço por esse grande jardim suspenso. Foram exatamente eles quem protestaram contra a demolição da linha de trem abandonada e lutaram pela revitalização do local. Hoje esse é um dos principais pontos turísticos de Nova York e é considerado uma obra prima no paisagismo urbano. 

Andamos no sentido do Museu de Arte Moderna.

Mais uma vez, impressionada. Lindo. Tanto pelo parque em si, quanto pela arquitetura dos prédios a sua volta.

roteiro de cafe em nova york

High Line Park

Cold Brew no Brooklyn

 Para quem começou o dia no Queens, não seria difícil de imaginar que logo logo estaríamos fora da ilha de Manhattan.

Do High Line Park fomos para a Brooklyn Bridge. A ponte mais antiga de Nova York, que liga a ilha ao Brooklyn.

Atravessamos a ponte, sim! Porque em Nova York nós andamos.

A travessia é linda! Até a metade é um pouco cheia de turistas, mas depois tudo volta ao normal, e podemos caminhar em um ambiente mais calmo e vazio.

Essa foi uma dica de um Nova Yorquino que havíamos conhecido no dia anterior, que aliás foi motivo de muita piada. Pegamos o metro já do lado do Brooklyn, paramos na estação Bergen Street e lá fomos nós para a 5° Avenida do Brooklyn.

E sim, gostamos muito. Lojas, pequenos restaurantes, brechós, night clubs, tudo com uma arquitetura meio década de 80, bem bacana, parecia ter saído de algum filme.

O sol estava presente o tempo todo, e o calor seco não deixava nós o esquecermos.

E na 5° Avenida do Brooklyn passamos na frente de uma cafeteira. E eu? Claro, entrei.

Outra agradável surpresa. O nome dela é Clever Blend.

Pedi um cold brew de um café da Uganda. Estava maravilhoso. O local havia aberto havia poucos dias. E para nossa surpresa havia uma barista brasileira trabalhando lá. Mais papo, mais café, mais fotos e mais horas agradáveis no nosso dia. Recomento muito o Cold Brew do local, e foi o que escolhemos naquela tarde de calor! 

roteiro de cafe nova

Cafeteria Clever Blend

E mais caminhadas nos aguardavam. Demos uma pequena volta na Broadway do Brooklyn e voltamos na 5° para comer em uma hamburgueria que havíamos passado na frente.

Chama-se The Burger Bistro. Sucesso! O dono nos atendeu e foi imensamente atencioso. O cardápio é prático e inteligente. O hambúrguer, artesanal, muito bom e veio em ótima hora. Afinal das contas, já eram umas 5 da tarde.

Bem alimentados mais uma vez, saímos, para continuarmos a seguir a dica do Nova Yorquino que sim, havia acertado, curtimos a 5° do Brooklyn.

Cervejaria de IPA no Brooklyn

Other Half, era este o local que estávamos buscando. Num canto improvável encontramos a cervejaria. Ainda no Brooklyn, em uma área não muito visitada por turistas.

Literalmente caímos para trás.

A cervejaria, que tinha uma decoração simples mas de muito bom gosto, abrigava a sua produção um pouco adiante do balcão, ao final da loja.

Fomos lá ver, claro, e na volta nos deparamos com o menu, ali de giz, bem grande, acima do balcão. 

Eram vinte tipos de cervejas artesanais, todas produzidas ali. Quase todas eram IPAs.

Crush total. Começamos pedindo o copo de 300 ml. Depois pedimos os menores de 100ml para continuar a degustação.

Cerveja IPA é forte, como vocês já sabem. Bem, não deu para experimentar todas naquele dia. Mas no dia seguinte voltamos para cumprir a missão.

Simplesmente adoramos o local. E quando voltamos no dia seguinte todos nos reconheceram e nos cumprimentaram rsrs. Até lá Brutus?!

cervejaria de ipa e cafe

Other Half Cervejaria de IPA

De volta ao Queens

Well, perto da Cervejaria de IPA Other Half há uma estação de metrô chamada Smith-9th-St. Assim, com o metrô tão perto, logo estávamos de volta ao Queens para descansar as pernocas para o dia seguinte.

E assim foram nossos outros dias em Nova York. Andando, parando nas cafeterias e atentos às dicas dos locais!

Gostou nas nossas dicas? Compartilhe com seus amigos! Veja no nosso insta @trocodocafe um pouco mais dessa viagem. Postagens de maio e junho de 2018. 

Já conhece nossa loja virtual. Estamos neste endereço: trocodocafe.com.br! Entre no link para nos conhecer!

Sobre o autor

Troco do Café

Troco do Café

Troco do Café é um projeto com o objetivo de facilitar o acesso aos cafés de qualidade produzidos no Brasil!

Deixar comentário.