EduCAFÉ

Preparando um café especial: 5 erros que você não pode cometer

De grão em grão, o café se tornou uma das bebidas mais consumidas do mundo. No entanto, preparar um café especial — ou seja, um café com grãos selecionados e de qualidade superior — nem sempre é uma tarefa fácil, e é preciso tomar alguns cuidados para evitar qualquer falha no preparo.    

Como você já sabe, um café especial exige um preparo mais atento. Além dos processos tradicionais, é necessário verificar a temperatura da água, o tipo de coador utilizado, a quantidade de pó de café e de açúcar e até mesmo o modo como os grãos foram conservados antes de se transformarem em pó e chegarem à sua xícara.

Cometer falhas na hora de preparar um café especial é algo muito comum. Para te ajudar com esse assunto, selecionamos, a seguir, os erros mais frequentes. Continue a leitura e saiba como evitá-los!

1. Usar coadores de pano

Dos vários itens disponíveis para se preparar um café, o coador de pano é uma das opções mais utilizadas no mundo. Entretanto, apesar de ser prático, ele pode oferecer algumas desvantagens, como o acúmulo de resíduos devido ao uso constante.  

Os filtros de papel são os mais indicados para se preparar um café especial, pois podem ser descartados após o uso. Nossa dica, porém, é adicionar um pouco de água quente para lavar o filtro antes de colocar o pó. Dessa maneira, o sabor da bebida ficará ainda mais interessante.

2. Deixar a água ferver

Segundo especialistas, a temperatura ideal para preparar seu café especial deve ser entre 91º e 96º C — ou seja, um pouco abaixo da temperatura em que a água ferve (100ºC a nível do mar).

Nossa dica, porém, é não esperar a água esfriar, pois assim não será possível extrair o melhor sabor e aroma do seu café. Espere no máximo um minuto após a fervura para começar a prepará-lo.

3. Colocar muito pó

Dosar a quantidade ideal de  é essencial para preparar um café saboroso. Ainda que existam gostos pessoais — alguns preferem a bebida mais forte, outros mais fraca —, é importante frisar que não existe uma proporção certa, mas uma dica é acrescentar 10 gramas de pó para cada 100 ml de água.

A partir desta proporção ir tentando diferentes medidas para obter o café de acordo com sua preferência. 

4. Conservar o café de forma incorreta

É bom lembrar que o café não pode ser armazenado em qualquer local. Embora o mesmo se encontre embalado, é importante que você esteja atento a alguns detalhes relacionados à conservação do produto. Evite a exposição direta à luminosidade e não guarde o café em ambientes úmidos e/ou próximos de alimentos que possuem odores fortes.

Contudo, ao seguir essa dica, lembre-se de que você pode armazenar o café na própria embalagem ou em uma embalagem hermética.

5. Colocar açúcar

Para preparar um café especial, cada detalhe é de extrema importância. Misturar o açúcar diretamente na água ou no café é um hábito muito comum, mas equivocado, tanto para sua saúde quanto para saborear o seu café.

Vale ressaltar que muitos cafés ou blends (mistura de grãos) já são adoçados naturalmente. Além disso, o açúcar anula o verdadeiro sabor da bebida devendo, por isso, ser evitado.

Nossa dica valiosa é teste, beba seu café especial sem açúcar, pelo menos o primeiro gole, e avalie você mesmo essa consideração. Lembre-se que gosto é pessoal. 

Agora você está pronto para preparar um café especial sem cometer erros na receita! Gostou dessas dicas? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!

Conheça nosso canal no YouTube.

Nós somos o Troco do Café. Conhece a nossa plataforma? 

O Troco do Café fortalece o direct trade pois dá acesso aos produtores venderem seu café diretamente ao consumidor final. Bem como dá acesso aos brasileiros a encontrarem os produtores que estão produzindo qualidade. Viste o Troco do Café! O marketplace de cafés especiais do Brasil!

Sobre o autor

Troco do Café

Troco do Café

Troco do Café é um projeto com o objetivo de facilitar o acesso aos cafés de qualidade produzidos no Brasil!

Deixar comentário.