EduCAFÉ

Cafeteira Italiana Moka: como preparar um café perfeito?

Um dos maiores prazeres que um amante do café pode experimentar é dominar um equipamento ou uma técnica de preparação da bebida. Afinal, provar novos sabores e estimular os sentidos com uma xícara de café recém-passado representa uma grande conquista para um coffee lover!

Descobrir os segredos da cafeteira italiana Moka, por exemplo, pode envolver algumas tentativas frustradas, mas a sensação de servir o café perfeito compensa toda a dedicação. Esse modelo de cafeteira é relativamente novo, mas sua invenção revolucionou a maneira de fazer café. Não é à toa que seu formato permanece o mesmo desde 1933.

Quer saber mais sobre a cafeteira italiana Moka e tudo que ela pode fazer por você? Continue a leitura e saiba tudo sobre esse clássico equipamento!

Origem da Moka

Moka (ou Moca) é o nome dado à cafeteira inventada pelo engenheiro italiano Alfonso Bialetti, em meados de 1933.

O nome foi inspirado em um porto, no Iêmen. Lá havia um importante mercado de café, e era de onde se exportava grande parte do café que ia para a Europa.

Reza a lenda que Bialetti teve o insight para sua invenção mais famosa observando uma rudimentar máquina de lavar roupas utilizada na época. Sua experiência profissional trabalhando em uma fundição contribuiu para que o material escolhido para a fabricação da cafeteira fosse o alumínio — escolha que se provou acertada e se manteve até hoje.

Desde a sua invenção até o fim da Segunda Guerra Mundial, as cafeteiras eram produzidas artesanalmente em pequena escala: em média eram vendidas 70 mil peças por ano. A partir de 1946, a cafeteira italiana Moka ganhou o mundo (e o coração dos coffee lovers), graças a dois fatores importantes:

  • a produção em larga escala iniciada pelo filho de Bialetti, que assumiu a empresa;

  • o investimento em publicidade e divulgação.

Apesar de não ser tão comum em terras brasileiras, a Moka faz sucesso ao redor do mundo e se consagrou como um dos métodos preferidos para aqueles que adoram fazer café em casa.

Como utilizar a cafeteira italiana Moka

O grande diferencial da Moka em relação a outros modelos é a utilização da pressão natural do vapor na preparação do café. Com um princípio similar ao das máquinas de espresso profissionais, ela funciona como uma chaleira, capaz de produzir uma bebida encorpada e forte.

O modo de preparo do café é extremamente simples. Para utilizá-la, basta:

  • encher o compartimento inferior com água;

  • colocar a quantidade desejada de pó de café no compartimento correspondente;

  • encaixar o compartimento do café no recipiente;

  • colocar a cafeteira na boca do fogão, em fogo baixo;

  • desligar o fogo quando o café estiver pronto (em cerca de 5 minutos).

O processo consiste basicamente em ferver a água; a ebulição aumenta a pressão dentro da cafeteira, fazendo com que a água atravesse o funil e passe pelo pó de café até chegar ao recolhedor.

Dicas para utilizar a cafeteira italiana Moka

Para preparar um café realmente perfeito, confira algumas dicas importantes:

  • coloque a água em temperatura ambiente;

  • utilize pó em moagem média para grossa;

  • coloque algumas gotas de água gelada no recolhedor;

  • retire a cafeteira do fogo assim que a água começar a evaporar;

  • antes de servir, mexa o café dentro da cafeteira;

  • limpe a cafeteira com água quente, e retire totalmente os resíduos de café.

Preparar uma xícara de café na cafeteira italiana Moka pode ser um simples ato cotidiano ou um pequeno ritual prazeroso. Quem já experimentou garante: a bebida preparada em casa não fica devendo em nada para os expressos das melhores cafeterias!

Quer saber como escolher sua cafeteira italiana? Veja o vídeo nesse link: escolher moka italiana

Gostou de desvendar os segredos da cafeteira italiana Moka? Para continuar acompanhando outras dicas e curiosidades sobre o universo do café, assine a nossa newsletter!

Sobre o autor

Troco do Café

Troco do Café

Troco do Café é um projeto com o objetivo de facilitar o acesso aos cafés de qualidade produzidos no Brasil!

Deixar comentário.